Mudar o regime Servir Portugal

Manuel Beninger

domingo, 29 de abril de 2012

«1 DE DEZEMBRO - DIA DE PORTUGAL» de JOSÉ RIBEIRO E CASTRO. APRESENTAÇÃO por MANUEL ALEGRE [LIVRARIA MINERVA, 8 DE MAIO, 18H00] COIMBRA



CONVITE

O Autor, a Principia Editora e a Livraria Minerva
têm o prazer de convidar para o lançamento, 
em Coimbra, do livro

1 DE DEZEMBRO - DIA DE PORTUGAL

de José Ribeiro e Castro.

A apresentação será feita por Manuel Alegre.

A sessão realiza-se no próximo dia 8 de Maio, pelas 18H00,
na Livraria Minerva, Rua de Macau, 52
 (Bº Norton de Matos), em Coimbra.

Pelas 20H30 haverá um jantar-debate no Hotel D. Inês 
com a presença do Autor.

***
As reservas para o jantar poderão ser efectuadas até ao dia 7 de Maio 
através do mail: reservas.ass@gmail.com 
Telfs: 239701117, 239855800,962703834 ou 919158471
Jantar: 20€

As receitas deste jantar reverterão para apoio
 à Liga dos Amigos dos Hospitais  da Universidade de Coimbra.

***

«Acabar com o feriado do 1.º de Dezembro seria atacar da pior forma a independência nacional de Portugal: seria feri-la no seu próprio espírito. 
O dia em que assinalamos a nossa independência nacional, a data em que festejamos a nossa liberdade como povo liberto do jugo estrangeiro é o dia mais importante da nossa vida colectiva.
Aqui, não somos de esquerda, nem de direita – somos portuguesesNão somos da República, nem da Monarquia – somos por Portugal. O 1.º de Dezembro a todos une e reúne. O 1.º de Dezembro convoca-nos.»
(in «Manifesto do 1.º de Dezembro, Dia da Independência Nacional»)


O livro
Em defesa da manutenção do 1.º de Dezembro, o feriado que verdadeiramente celebra a independência de Portugal, José Ribeiro e Castro tem vindo a empreender uma luta sem tréguas a que se juntaram nos últimos meses inúmeras individualidades da vida política e da sociedade portuguesas. Na verdade, ao seu «Manifesto do 1.º de Dezembro, Dia da Independência Nacional», escrito na linha do histórico manifesto de 1860 encabeçado por Alexandre Herculano,que aqui também se publica, são já associáveis muitos outros textos, entre os quais artigos, depoimentos e posts da autoria de figuras destacadas da sociedade portuguesa defensoras da mesma causa (entre as quais se contam António Pinto da França, Diogo Freitas do Amaral, João Luís Mota de Campos, Jorge Miranda, José Alarcão Troni, José Lamego, José Loureiro dos Santos, Matilde Sousa Franco ou Ricardo Sá Fernandes). 


É desses textos que dá conta este livro, cujo principal propósito é alertar consciências e congregar vontades no sentido de impedir que seja eliminado o feriado em que se celebra a própria essência da Nação Portuguesa. 
Um livro com a chancela da Principia Editora.


O Autor

José RIBEIRO E CASTRO
Natural de Lisboa, casado e pai de 4 filhos.
Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa (1975). 
Jurista, jurisconsulto e advogado. Ocasionalmente, jornalista.
Deputado à Assembleia da República - Presidente da Comissão de Educação, Ciência e Cultura.
Secretário-Geral do IDL (1979/80) e do IFPM (1983/85). 
Assessor/adjunto do ministro da Educação (1987-1991); vogal e presidente da Comissão de Fiscalização da RTP (1988-1991); vogal do Conselho Superior da Acção Social (1991-1992); director (1991), coordenador dos Serviços Jurídicos (1992-1993) e director de Informação (1994-1995) e administrador (1997/8) da TVI - Televisão Independente; assessor principal do Ministério do Trabalho e da Solidariedade (desde 1991-1999). 
Presidente do CDS-PP em 2005/07. 
Vogal da Comissão Política (Secretariado) do CDS (1975/83) e do CDS-PP (1998/05); porta-voz do CDS (1976/83); vogal da Comissão Directiva do CDS-PP (1998/05). Fundador da JC – Juventude Centrista e da FTDC – Federação dos Trabalhadores Democratas-cristãos.
Director do órgão oficial (“Democracia 76”) e do Departamento de Opinião Pública do CDS (1976/80). 
Director Executivo da campanha de Diogo Freitas do Amaral às eleições presidenciais de 1986 – P’rá Frente Portugal (1985/86).
Secretário de Estado adjunto do Vice-primeiro ministro nos VI e VIII Governos Constitucionais (1980 e 1981-1983). 
Deputado à Assembleia da República (1976/83, 1999 e desde 2009). Vice-presidente do Grupo Parlamentar do CDS (1981). Presidente da Comissão Parlamentar de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas (2009/11) e Presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura (desde 2011).
Deputado ao Parlamento Europeu (1999/09). Vice-presidente da Comissão de Emprego e Assuntos Sociais do Parlamento Europeu (1999/02). Membro da Comissão das Liberdades e dos Direitos dos Cidadãos, da Justiça e dos Assuntos Internos. Membro da Comissão dos Assuntos Constitucionais. Membro da Comissão de Assuntos Externos. Membro e porta-voz do PPE na Subcomissão de Direitos Humanos. Membro da Assembleia Parlamentar Paritária ACP-UE. 
Observador-chefe da União Europeia em actos eleitorais o Equador (2007, 2008 e 2009).
Vogal da Assembleia Municipal de Odemira (1982/85). Presidente da Assembleia Municipal de Sintra (2001/05).
Membro do Comité de Formação Política da União Europeia das Democracias Cristãs (1978/82). 
Colaboração em diversos jornais (desde 1974). 
Vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica (1997/98).
Condecorações do Chile e do Luxemburgo.

Sem comentários:

Publicar um comentário